Nota de repúdio "racismo estatal".

Nota de Repúdio do Conselho Nacional de Juventude sobre o ato de racismo estatal ocorrido no Shopping Vitória (ES)


Na ocasião, jovens, negros e pobres, enfileirados e sem camisa foram constrangidos pela força policial em público
Shopping Vitória-violencia-policial
O Conselho Nacional de Juventude, órgão responsável pela formulação e controle social das políticas públicas para juventude no Brasil, instituído pela Lei nº 11.129/2005, vem por meio desta repudiar o ato de racismo protagonizado pela Polícia Militar do Estado do Espírito Santo, ocorrido no dia 30 de novembro na cidade de Vitória.
Na ocasião, jovens, negros e pobres, enfileirados e sem camisa foram constrangidos pela força policial em público, dentro do Shopping Vitória, com o consentimento de lojistas e proprietários do local, em uma cena que expressa fidedignamente a doença que ainda macula a saúde política e social do Brasil chamada racismo.
Fugindo da violência policial que, injustificadamente, fechou à força um baile funk que ocorria ao lado, dezenas de jovens se refugiaram no Shopping. Lojistas chamaram a Polícia e o que se viu então lembra períodos sombrios da história do Brasil. Para além do ato de preconceito representado pelo fechamento arbitrário de um baile funk, a humilhação pública sofrida por esses jovens precisa ser denunciada. Trata-se de um ato incompatível com os princípios da democracia e do respeito aos direitos humanos.
O Conselho Nacional de Juventude reafirma o seu repúdio a toda e qualquer forma de discriminação e violência e exorta o Governo do Estado do Espírito Santo a dar explicações satisfatórias à sociedade, acompanhadas da identificação e punição dos autores e responsáveis por esse ato ilegal.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

OS INJUSTIÇADOS – A CENSURA À MÚSICA BREGA NA DITADURA MILITAR

Relatos de um desastre anunciado

Resumo: África Pré-Colonial